sábado, 16 de agosto de 2008

Orwell

Saiu uma edição portuguesa de Por que escrevo e outros ensaios, de George Orwell, com a tradução do filósofo Desidério Murcho, pela editora Antígona.

Respondendo à pergunta, Orwell disse: escrevo porque há uma mentira qualquer que quero denunciar.

Aqui, falta escritor para dar conta de tanta coisa denunciável...

3 comentários:

Evandro Belém disse...

Eh, Lúcio Alcântara, os homens públicos deste Ceará são na verdade uns moleques. Há tão poucos diferentes disso, que não é bom nem nominá-los. É que pega muito mal, sentirmos que estamos num Estado completamente falido.
Fazer o quê, heim?

Desidério Murcho disse...

Muito obrigado pela referência à minha tradução, Lúcio!

Augusto disse...

Faltam escritores e sobram fatos denunciáveis...