terça-feira, 12 de maio de 2009

Aniversário

O Ferroviário completou 76 anos de existência. Nasceu, como ensina o centenário Valdemar Caracas, da fusão do jurubeba com o mata-pasto.

É, portanto, um filho legítimo do futebol de várzea. Pertence a uma geração de times criados a partir de funcionários de estradas de ferro, batizados com o nome de Ferroviário. Lembro de dois : um de São Paulo, a Ferroviária de Araraquara, e outro do Paraná.

Não sei se ainda há outros, ou se o Ferrim ( não me acostumo com Ferrão) é o último sobrevivente do grupo.

Em todo caso, continua bem vivo e muito querido.

5 comentários:

Anônimo disse...

O ferroviario eh igual ao Lucio Alcantara,leva pancada de tudo que eh canto mas cotinua vivo.Ai eh ferrim,meu filho.Vida longa aos dois.

Fernando Flexa disse...

É Ferrim e Lúcio Alcântara: bem vivos e muitíssimo queridos.
Avante, Ceará!

Jorge Brás disse...

Aí é ferrim, doutor Lúcio!

Oberdan Sousa disse...

Esse Ferroviário abaixo descrito é o time de um compadre meu que mora em Recife:
O Ferroviário Esporte Clube do Cabo é um clube de futebol brasileiro sediado na cidade do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, em Pernambuco. Foi fundada em 18 de Dezembro de 1961. Atualmente participa do Campeonato Pernambucano - Série A2.

Domingos Sávio disse...

Sofre muito, mé, Dr. Lúcio. Fé rrim