segunda-feira, 9 de março de 2009

De Volta

Desde sábado à noite, 7 de março, estou de volta ao Ceará, após uma temporada em Portugal.

Durante aquele período, por várias razões, tais como viagens, pane no computador, etc., coloquei poucos textos no blog.

Eu, e certamente vocês, precisávamos de umas férias. Ou, pelo menos, de um ritmo mais lento de atuação.

É possível que tenham achado minha ausência longa. Era necessária. Quando nada, para testar quanta falta eu fazia...

Agora, retomo as postagens frequentes e regulares.

Espero que continue a merecer a atenção e participação de vocês neste espaço democrático, abrangente e informativo.

3 comentários:

Ivana Maia disse...

Vai, Lúcio Alcântara, mete a ripa, abre a boca.
A sua responsabilidade pública nos faz falta.
Seja muito bem vindo a este Ceará ingrato!

Anônimo disse...

Durante sua ausência as coisas não mudaram muito.
1. O governo do Estado continuou a fazer das dispensas de licitação seu prato do dia;
2.A segurança pública continua um caos, nem ronda, nem o ¨raio que o parta¨, tudo na mesma, ou seja, os cearenses se conformam com as propagandas institucionais do governo e, tudo bem;
3.A prefeitura consegue fechar 87 creches e ninguém diz nada, eita marasmo;
4.Cinco postos de saúde foram fechados por falta de segurança, aí nem a Secretaria de Segurança divulga os dados da violência do ano passado, nem a Prefeitura divulga os motivos que fizeram com que seus vereadores brigaram para colocar ¨Fortaleza Dela¨ no Plano Nacional de Segurança Pública, para captar recursos para a Guarda Municipal, recursos que segundo alguns já chegaram só não se sabe aonde foram parar;
5.O PV continua fechado e as ruas cheias de buracos.
Como o Sr. está vendo não se tem muito para comentar, ou seja, continua tudo na mesma, e os nossos representantes (municipais e estaduais), continuam com mordaças e povo que f....

Joaquim disse...

Fez flata e muita, pois esse a estado do PUN (partido único do Ceará) faltam pessoas independentes e corajosas para serem dissonantes num contexto em que todos dizem AMÉM!