sábado, 20 de junho de 2009

Arrecadação

A arrecadação do Governo Federal cai pelo sétimo mês seguido.

A arrecadação de tributos federais, em maio, foi 14% menor, descontada a inflação ante abril, e 6% em relação à maio de 2008. Em dinheiro, representou R$ 49,83 bilhões a menos nos cofres do Tesouro Nacional.

O que se justifica, em parte, pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e outros tributos federais sobre veículos, eletrodomésticos, motocicletas e material de construção, com o propósito de estimular o consumo e contornar os transtornos decorrentes da crise econômica.

A redução da atividade econômica, caracterizada pelo Produto Interno Bruto (PIB) negativo, em dois trimestres seguidos, completa a explicação para a redução da receita do Governo Federal.

A queda da arrecadação, é refletida nos estados e munícipios que recebem transferências federais constitucionais, em razão da partilha de impostos recolhidos pela União. Portanto, a chiadeira deverá continuar.

Saiba mais no jornal O Estado de S. Paulo, edição de 17/06/09.

Um comentário:

Jamilly disse...

Talvez mais um desculpa para o não cumprimento dos projetos prometidos pelos políticos em campanha eleitoral. Mediante isso, espero recuperação rápida nas arrecadações.