sábado, 6 de setembro de 2008

Fumo

O Presidente Lula, em entrevista à imprensa, afirmou fumar em seu Gabinete, ainda que a lei proíba.

Foi infeliz, o Presidente.

Um líder de sua dimensão, deve pregar pelo exemplo e observar a lei, acima da qual ninguém está.

Aqui, seu homólogo faz pior, fuma na sala de trabalho. E em qualquer outro espaço confinado, segundo comenta-se. Desrespeita a lei e os interlocutores. Não poupa sequer hospitais. Mesmo o destinado a tratar das vítimas do cigarro.

Há algum tempo, jornal da cidade estampava sua foto ao baforar contra a lei e o bom senso, em ambiente nosocomial.

13 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Lúcio,

O fato demonstra que políticos profissionais, estes que fazem da política um meio de vida e fogem das promessas e do povo assim que a eleição termina, se acham acima da lei.

Isso me faz lembrar de Jefferson Péres, grande homem público, que sempre bradava em seus discursos que "as palavras movem, os exemplos arrastam". Daí o porquê da extrema importância que o comportamento e as atitudes do governante têm perante a sociedade. Ele é exemplo, e suas ações, se eivadas de pouco caso e agressões à moral, à ética ou ao ordenamento jurídico, obscurecem as leis, tornam mais fracas as instituições e mais pobre a sociedade.

Para finalizar, cito um trecho muito oportuno do Reinaldo Azevedo, que nos leva a uma reflexão sobre o comportamento desses dois gestores:

"(...) falo de princípios, de alguns pilares sobre os quais está construído o edifício da nossa vida e que nos permitem dizer: “Isso eu faço; isso não”. Operar essas escolhas é, quero crer, amadurecer, crescer, envelhecer com dignidade, tornando o nosso coração a cada dia mais paciente para tudo o que vamos perdendo, e não é pouca coisa, pelo caminho."

Cris

Augusto disse...

A foto está ótima!
Demonstra exatamente como pensa e age o atual governador: acima da lei e das regras.
Hoje em dia a maioria dos homens públicos não se preocupa em dar um bom exemplo aos jovens.
E o melhor é a chefe do cerimonial do governo tentando impedir a foto, pois ela deve imaginar que não faria bem à imagem do ilustre fumante. E como o nesse governo tudo é marketing...

Rafael Serial disse...

Muito triste os fatos citados. A lei deveria ser igual perante todos, mas aqui no Brasil sabemos que não funciona dessa maneira. Muitos políticos se acham superior à lei, e quando podem, na primeira oportunidade "mudam-na" para satisfazer seus desejos, e/ou os desejos dos seus. Será que não seria sonhar, que o nosso presidente e/ou governador irá pagar por esse crime? Pois desobedecer à lei, é crime!

Anônimo disse...

Pobre Ana JHuaçaba...Vive debaixo de carão de todo jeito...

Anônimo disse...

Essa foto, doutor Lúcio, nõ saiou em jornal. Sõ no Blog do Eliomar de Lima e é da lavra do premiadíssio Evilázio Bezerra.

Marco Túlio.

Joaquim disse...

Dr. Lúcio, em todos os seus anos de vida pública (são mesmo 40? Quando realmente começou?) nunca vi publicada tão desastrosa foto sua, pois o que essa foto do atual governador demonstra, através da tentativa de evitá-la, é que ele não é o que parece ou faz força para parecer... em todos os sentidos...
Aquilo que o coronel tasso quis dizer quando lhe chamou de duas caras, aplica-se a muita gente na política cearense, nacional e mundial, mas certamente não a você!

Anônimo disse...

"Um tirano pode evitar uma fotografia. Mas não pode evitar uma caricatura".
Millôr

Anônimo disse...

Dr. Lúcio,

Veja a notícia veiculada no site do Eliomar: Engraçado não ter falado a Defensora Geral que a inclusão da Defensoria Pública na LDO vem desde 2005, por força de EMENDA DO DEPUTADO ADAHIL BARRETO CAVALCANTE SOBRINHO e do EX DEPUTADO FRANCINI GUEDES.
Que mania de puxar para si feitos de outrem hein?

A defensora-pública geral do Ceará, Francilene Gomes, informou para este Blog que já está garantido: em 2009, no Orçamento Estadual, o órgão terá direito a duodécimo. Ou seja, o governo estadual vai começar a cumprir o que manda a Constituição Federal, que é assegurar a autonomia financeira da Defensoria Pública. A medida vai assegurar a autonomia administrativa de fato. Francilene não deu detalhes sobre como será repassado o duodécimo. A previsão é de que seja gradual o crescimento das liberações. Essa luta é antiga e a categoria, sem sombra de dúvida, já conta os dias para começar o exercício 2009.
Nós, que acompanhamos há anos essa peleja da Defensoria Pública para deixar de ser tratada como o "primo pobre" do Judiciário, também comemoraremos.
postado por Eliomar de Lima às 00:16 em 06/09/2008


Mara Lira disse...
Engraçado, meu caro Eliomar, quando essa categoria não havia conseguido nada com o governo, o seu Blog era usado por eles como biombo de choradeira. Agora, ninguem apareceu pra, pelo menos, eloigar o governo pela sinalização. Essa turma...

6 de Setembro de 2008 08:32


Bheron Rocha disse...
Caro Eliomar,

O repasse dos duodécimos à Defensoria está garantido desde o final de abril, início de maio, ainda na proposta original da LDO 2009 enviada pelo Governo à Assembléia, conforme noticiado aqui mesmo neste mesmo blog no dia 2 de maio.

Eis o dispositivo constante da mensagem que corrobora a informação aqui trazida:

Mensagem n° 6978/08

Art. 43.(...)

Parágrafo único. À Defensoria Pública Geral do Estado e ao Ministério Público Estadual fica assegurada autonomia funcional e administrativa e a iniciativa de sua proposta orçamentária, devendo ser-lhes entregues, até o dia 20 de cada mês,em duodécimos, os recursos correspondentes às dotações orçamentárias e créditos suplementares e especiais, atendendo ao disposto no art. 168 da Constituição Federal.

Se encontra no link: http://www.al.ce.gov.br/legislativo/tramit2008/6978.htm

Eis o texto da lei nº14.201, aprovada em 05.08.08, a LDO 2009:

Art. 43.
(...)
Parágrafo único. Aos Órgãos dos Poderes Legislativos e Judiciário, à Defensoria Pública Geral do Estado e ao Ministério Público Estadual fica assegurada autonomia funcional e administrativa e a iniciativa de sua proposta orçamentária, devendo ser-lhes entregues, até o dia 20 de cada mês, em duodécimos, os recursos correspondentes às dotações orçamentárias e créditos suplementares e especiais, atendendo ao disposto no art. 168 da Constituição Federal.
se encontra no link: http://www.al.ce.gov.br/legislativo/legislacao5/leis2008/14201.htm

Bheron Rocha

6 de Setembro de 2008 09:50


Anônimo disse...
Alguém precisa dizer para a Defensora Geral que faz mais de cinco anos que consta no orçamento do Estado do Ceará que a DEFENSORIA PÚBLICA, a exemplo do JUDICIÁRIO e do MINISTÉRIO PÚBLICO, receberá DUODÉCIMOS mensais para operacionalizar o ÓRGÃO. A Defensora Geral talvez,ignore esse fato. O que ocorre é que consta nos orçamentos porém o GOVERNO DO ESTADO não cumpre o estatuído em lei.
Vir no próximo orçamento não é novidade e nem vantagem alguma. Vantagem mesmo é se vier um orçamento condigno e o repasse dos duodécimos seja realmente efetivado.
A Defensora Geralprecisa atualizar-se em termos técnicos para evitar declarações assim.
A propósito: O orçamento será igual ao do Ministério Público ou continuará a ser 10% daquela previsão orçamentária?
A Defensoria Pública fará suas próprias licitações dentro do princípio de sua autonomia ou continuará a reboque da Comissão de Licitação da Procuradoria Geral, que atrasa sobremaneira a vida de todos os Órgãos?
Esse governo, aí incluindo-se a Defensoria, tem a mania de dizer que há inovação em coisa que já está prá lá de conhecida. OLHO VIVO.

6 de Setembro de 2008 11:19

João Paulo Batista disse...

Essa é do blog www.cearaagora.com.br.

Olhe o exemplo e o incentivo do senhor Ciro Gomes a sua filha lívia.


Pré-candidato do PSB à Presidência da República, o deputado federal Ciro Gomes é notícia em todo o País. Um comentário, uma declaração ou um gesto de Ciro vira noticia. Boa ou ruim. E as conversas se transformaram, também, uma pauta para os jornalistas, como aconteceu, em São Paulo, na última terça-feira, quando Ciro e a filha Lívia saíram para fumar e trocar algumas palavras. Coluna Painel, da Folha de São Paulo, registrou a conversa em que Ciro falava, mais uma vez, sobre eleições 2010.

Contraponto

Dupla provocação

Convidado a discursar num evento que reuniu políticos e empresários na terça-feira passada em São Paulo, o presidenciável Ciro Gomes e a filha Lívia, que o acompanhava, aproveitaram os intervalos da extensa programação para fumar na ante-sala do auditório. Num desses momentos, o deputado do PSB engatou uma conversa com os jornalistas sobre a eleição de 2010.
-O Aécio é meu amigo. Tenho certeza de que ele seria muito bom para o país-, comentou Ciro.
Passando por ali, um assessor viu as baforadas, ouviu o elogio e não resistiu:
-Imagine se o Serra resolve chegar agora...

Lúcio Alcântara disse...

Obrigado pela correção, Marco Túlio. Parabens ao Evilazio. Lúcio.

Georgia Pessoa disse...

Soube que a sala do Ivo Gomes, no Palácio Iracema, é uma verdadeira chaminé. E ai de quem reclamar...

Anônimo disse...

Deixem que eles fumem pois qualquer hora dessas serão presenteados com um cancer devasstador!O que não vale é querer impor aos que os cercam um cancer devastador também.

Anônimo disse...

Ai meu Deus, que sina a nossa, que governador mais RIDÍCULO!!!!