quinta-feira, 24 de julho de 2008

Polêmica

Argentinos e uruguaios lutam pela nacionalidade de Gardel.

O Uruguai reivindica para si, a glória do nascimento de Carlos Gardel em seu território, em Tacuarembó.

Os argentinos retrucam dizendo que ele, na verdade, nasceu em Toulouse, na França, vindo criança para Buenos Aires. Invocam como argumento, o fato de que ele nunca fez uma canção Mi Tacuarembó querido.

Já tem deputado do Parlamento do Uruguai, propondo a realização de um exame de DNA, para provar o parentesco dele com seus pretensos ancestrais. O problema é que o túmulo de Gardel está em solo argentino, e a exumação não será permitida.

Enquanto os irmãos platinos se engalfinham na luta pelo espólio do cantor, eu proponho que aceitemos o convite de Manuel Bandeira, "vamos dançar um tango argentino"...

Mesmo que Carlos Gardel seja uruguaio.

Saiba mais em O Estado de São Paulo, edição de 23/07/08.

3 comentários:

Reinaldo disse...

Dr. Lúcio mesmo morando no Pará sou seu fã incondiconal. Todo ano passo férias nessa terra maravilhosa chamada Ceará, e a amo de paixão. Jamais perdoarei o que Tasso e sua turma fizeram com o Senhor em 2006, a traição mais vil e mais covarde que somente um ser humano sórdido como ele e sua turma é capaz de cometer. Dr. Lúcio, conheço sua biografia e sei que és um homemhonrado, o maior crime que o sr cometeu contra sua própria pessoa foi ter acreditado nesses homens da holding.
Reinaldo

Anônimo disse...

Reinaldo você disse tu-do!!!O pior é que o povo é quem está pagando pela traição imunda do Tasso contra o Lúcio pois foi eleito um candidato sem preparo para o cargo que ocupa.

Anônimo disse...

Sem preparo para o cargo, mas com preparo para privilegiar músicas muito conhecidas, tais como BOLEROS e até marchinhas de carnaval, como a conhecidíssima TAÍ, que, na realidade tem o rítulo: PRÁ VOCÊ GOSTAR DE MIM.
É mole???????????????????????????