terça-feira, 29 de abril de 2008

Presídio

Violência tem sido uma constante nos nossos presídios.

Agora, face ao descaso do Governo para com o problema, a situação agravou-se. No período 2003-2006 foram mortos, nos estabelecimentos penais do Ceará, 39 presos. Em 2007 e 2008 o número já chega a 38.

A decisão de construir às pressas duas casas de custódia esconde a negligência que levou à situação de calamidade, anunciada há tempos pelo Secretário de Segurança do Estado, o qual reconheceu haver recebido os xadreses das delegacias sem presos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Logo,logo,será a vez do governador Vip,digo,Cid Gomes,alardear a precariedade das estradas e mais uma vez "inventar" um leilão para o concerto das mesmas que estão esburadcadas por pura negligência e falta de manutenção do atual governo que a cada dia que passa nos mostra qual era o verdadeiro salto prometido nas eleições de 2006...Um tremendo salto para trás!!!Ai que saudade de você, Lúcio Alcântara!!!Que injustiça o povo do Ceará lhe fez.

Augusto disse...

O governador-viajante acreditava que o Ronda resolveria o problema da falta de segurança no nosso estado.
Negligenciou isso durante um ano e meio e agora quer resolver a questão de forma rápida.
Ah Dr. Lúcio, hoje foi inaugurada a sede da Secretaria de Segurança Pública no antigo prédio do CPOR, no São Gerardo. Parabéns por mais essa importante obra do seu governo.