domingo, 4 de março de 2012

Arrependimentos

Uma enfermeira australiana de cuidados terminais fez uma lista de arrependimentos de seus pacientes.

É de uma surpreendente simplicidade:

- Quem me dera ter tido tempo para viver uma vida mais verdadeira e não a que os outros esperavam de mim.

- Quem me dera não tivesse trabalhado tanto.

- Quem me dera tivesse tido coragem para expressar os meus sentimentos.

- Quem me dera tivesse mantido contacto com os meus amigos.

- Quem me dera tivesse me permitido ser feliz.

Da Revista, publicação que circula junto com jornal Expresso, edição de 03/03/12

Um comentário:

Auriberto Cavalcante disse...

Todos carregam muitos ARREPENDIMENTOS
e frustrações pelo fizeram e pelo que deixaram de fazer...

A perpectiva da morte nos faz refletir com mais humildade e humanidade.

Por isso não demos deixar para a última hora a ação de PERDUAR E PEDIR PERDÃO.

Devemos estar sempre perto de DEUS e em dia com nossas obrigações esprituais, pois a qualquer momento a vida pode nos faltar.