terça-feira, 20 de outubro de 2009

Abolição

O Governo do Estado do Ceará anuncia seu novo projeto de reforma do Palácio da Abolição.

Agora, ele vai custar, segundo a imprensa, R$ 19,6 milhões. O anterior tinha um custo estimado de R$ 37,3 milhões.

O primeiro foi bombardeado pela oposição, que apontou sua ostentação (lembram das torneiras de ouro?), e por técnicos que denunciaram sua elaboração à revelia do órgão responsável, tratando-se de um imóvel tombado pelo patrimônio histórico estadual.

Obrigado a recuar diante de forte reação oferecida pela sociedade, espera-se que o Governo tenha aprendido a lição.

Eis aí um bom exemplo de excelente serviço prestado pela oposição e profissionais comprometidos com o interesse público.

Saiba mais no jornal O Povo, edição de 19/10/09.

2 comentários:

Anônimo disse...

Por mais que a "economia" com o novo projeto pareça grande, ainda acredito que uma reforma mais "franciscana" estaria mais de acordo com as dificuldades enfretnadas pelo povo cearense! Mas como quem vai pagar a conta somos nós...

Alexandre Damasceno disse...

E o cofrinho de 2010 vai enchendo...