sexta-feira, 27 de março de 2009

Cearenses

1- Prédio da estação é local abandonado
Sede da antiga estação ferroviária de Sobral está largada, favorecendo ação de marginais durante a noite.

Saiba mais no Diário do Nordeste, edição de 16/03/09.

2- Crescimento integrado
Banco Mundial injeta U$ 240 milhões no CE
Para o Governador, o Swap II é fundamental para darmos seguimento aos avanços sociai do Estado.


O Swap I foi contratado no período em que fui governador do Ceará, quando foi recuperado o crédito do Estado e sua capacidade de endividamento. A operação foi a primeira no gênero, no mundo, com um governo subnacional.

O projeto foi concebido e elaborado por técnicos do governo do Estado e do Banco Mundial. O segundo empréstimo demonstra que o primeiro, pioneiro, foi exitoso, sendo um caminho novo, aberto, à época, junto aquela importante agência financeira internacional.
Saiba mais no Diário do Nordeste, edições de 19 e 20 de 03/09.

3- 42,2 por 100 mil habitantes
Ceará tem a quinta maior taxa de tuberculose no Brasil
Em 2007 foram registrados 3474 novos casos da doença. Os dados de 2008 ainda estão sendo tabulados.
A média nacional é 38,2 por 100 mil habitantes
Os municipios com maior ocorrência de casos novos, em números absolutos, são Fortaleza, Sobral, Maracanaú, Caucaia e Maranguape
.

Há no mundo um retorno da tuberculose, que foi um fantasma sanitário no século XIX, indo até meados do XX, isolada ou associada a outras doenças. O fenômeno decorre da concomitância com outras doenças (AIDS, por exemplo), resistência da bactéria causadora da moléstia às drogas e relaxamento no controle, diagnóstico e tratamento.
Saiba mais no Diário do Nordeste, edição de 24/03/09.

4 comentários:

Anônimo disse...

Sem dúvida, o SWAP I foi um extraordinário feito do Governo Lúcio Alcântara. Antes, o BIRD (Banco Mundial) só emprestava para países, jamais diretamente para estados/municípios e mesmo assim, mediante projetos especifícos, nunca para metas globais a realizar. Confesso que a princípio eu não acreditava no SWAP I; felizmente errei!

O governador atual teve o mérito de não mexer "em time que estava ganhando" e conseguiu o SWAP II, tendo como aval principal o desempenho e o comportamento do Ceará no SWAP I, isto é, no Governo Lúcio Alcântara .

O resto é folclore ... ou ... publicidade.

Anônimo disse...

Meu Caro Dr. Lúcio,
Cada dia que passa mais se percebe que você deixou tudo pronto para o seu sucessor fazer um grande governo e melhorar os índices sociais do nosso estado.Infelizmente a megalomania,a insensibilidade política e a ganância da turma do governador(ô povo par gostar de CPF)prioriza o superfluo tais como o tal de aquario,a reforma milionária do palácio da abolição,a compra das Hilux,dentre outros gastos suspeitos,em detrimento das reais necessidades do nosso povo como educação,saúde,moradia,emprego e renda.
Sou seu eleitor sempre,sofri vendo a traição e injustiça que você sofreu em 2006 e espero viver para ver o povo lhe dar o devido valor e reconhecimento por tudo que durante toda sua vida pública você fez pelo povo cearence.é notório que seus adversários tentam a todo custo apagar a sua brilhante passagem pelo governo do Ceará,mudando os nomes das obras e programas iniciados em seu governo,atitude esta que nos enche de revolta edecepção com o jogo sujo e descarado dos atuais mandatários do poder.
Eu só lhe peço que não se cale nunca diante desses atos e dos desmandos desse governo medíocre do sr. Cid Gomes e seus "auxiliares".

Isolda disse...

Ih, Dr. Lúcio, então os Ferreira Gomes abandonaram até Sobral... também, não interessa mais, né?

Julio Cavalcante disse...

E a megalomania dos Ferreira Gomes sob a coordenação do visionário Arialdo Pinho, só tem obras utópicas e nada de fazer o básico à não ser as obra que o seu governo deixou encaminhada.Agüenta Ceará.