domingo, 9 de maio de 2010

Mãe

É estrela que brilha mesmo quando apaga.

3 comentários:

BLOG DO PROF. JOÃO TELES disse...

Nós estamos na revista Informa tudo, das farmácias Pague Menos em reportagem de duas folhas e sete fotos. Passe numa loja e pegue a sua! Tema: incentivo à leitura entre crianças. A revista é grátis!

João Teles - professor e coordenador do projeto Confraria de Leitura

Vó Luisinha disse...

Há controvérsias, dr. Lúcio.

Alexandre Damasceno disse...

postado em http://www.alexandredamasceno@blogspot.com

Dia das mães e exploração oficial da pobreza

Com o dia das mães testemunhamos, na maior parte dos municípios do nosso estado, festas promovidas por políticos e prefeituras - todas elas "enfeitadas" por muitas atrações artísticas e farta distribuição de brindes entre as mães presentes.
Nada contra os festejos em homenagem às responsáveis pela vida de cada um de nós - pelo contrário. Não podemos deixar de citar, entretanto, que os tais eventos trazem consigo uma indisfarçável tentativa de manipular a intenção de voto dos cidadãos menos esclarecidos de nosso municípios mais pobres.
A despeito dos disfarces jurídicos utilizados para fazer parecer dentro da lei esses eventos, uma observação mais atenta do Ministério Público e das câmaras municipais constataria, facilmente, ilegalidades (ou pelo menos imoralidade) no processo de aquisição desses "brindes". Isso sem falar no que se poderia fazer em relação às penalidades previstas pela legislação eleitoral.
Tenho certeza de que as mães cearenses ficariam muito mais gratas, e felizes, se tantos gestores públicos e detentores de mandatos lhes presenteassem, não com essas migalhas, mas com trabalho sério e administrações honestas, competentes e digas.
O que as mães cearenses esperam dos políticos, lá no fundo, são ações capazes de melhorar verdadeiramente a vida de suas famílias, pois já estão cansadas de passsar por momentos como esse - em que a pobreza de nosso povo é objeto de maior e mais descarada exploração política.
Espero que em outubro próximo possamos tornar nulas essas disfarçadas compra de votos! Chega de pão e circo - queremos decência e ética na política!