segunda-feira, 24 de maio de 2010

Artesanato cearense

Peça fundamental do nosso turismo, o artesanato cearense precisa de ações permanentes de apoio para manter vivas as suas tradições culturais.

Ao lado das nossas belas praias - temos mais de 500 km de litoral e sol praticamente o ano todo -, o artesanato cearense atrai a atenção de turistas do Brasil e do mundo e garante a geração de emprego e renda a milhares de famílias.

Durante minha gestão, mais de 6.500 artesãos foram beneficiados pelos programas governamentais. Outros 1,5 mil receberam cursos de capacitação.

Solicitei ao Ministério do Turismo a publicação de uma portaria incluindo o Mercado Central de Fortaleza, o maior central artesanal do norte e nordeste, no roteiro turístico nacional. Assim, um dos maiores guardiães da nossa cultura estará incluso em todos os pacotes de viagem vendidos com destino ao nordeste, mais especificamente ao nosso Ceará.

Investir em “cimento e concreto” é necessário para dar melhor estrutura aos cearenses e visitantes, mas sem um investimento de apoio e capacitação do nosso povo torna-se inviável manter vivo o patrimônio do artesanato cearense.

Um comentário:

Alexandre Damasceno disse...

A alguns governos parece ser importante manter vivos apenas os políticos e elitores encabrestados! Infelizmente esse é o caso do Ceará dos últimos três anos e meio!