segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Taxa de homicídios no Ceará supera a do Brasil


Pela primeira vez, desde 1980, o número de homicídios no Ceará supera a média nacional. As taxas já vinham crescendo num ritmo bem acima da média brasileira até chegar a 29,7 assassinatos em cada grupo de 100 mil habitantes. A média brasileira é 26,2. Os dados estão no Mapa da Violência 2012, pesquisa realizada pelo Instituto Sangari.

A pesquisa revela também a crescente violência no interior. Enquanto a Região Metropolitana de Fortaleza teve acréscimo de 7,8% no número de homicídios em 2010, o interior registrou aumento de 5,5% nestes crimes. E não só isso. O número de municípios com taxa de homicídios além da média nacional pulou de 11, em 2000, para 46 cidades, em 2010. Equivale a 25% dos municípios do estado, confirmando acelerado processo de interiorização da violência.

A resposta simples é apontar para causas estruturais, como se a violência viesse aumentando em nível nacional. Ao contrário. Nos últimos 10 anos, a média brasileira recuou.

Se pegarmos o recorte de 2007 para 2010, entre dois estados nordestinos, Ceará e Pernambuco, nos deparamos com os disparates. Enquanto a taxa de assassinatos cresceu 30% nos últimos três anos no Ceará, o estado de pernambucano apresentou queda de 27%. Resta claro que o problema é mais gerencial que estrutural.

Para enfrentar essa onda de violência homicida no país, são necessárias políticas públicas, principalmente voltadas a combater esse mal no interior do Estado. Precisamos mais discussão sobre como direcionar as políticas nacionais, estaduais e municipais em torno da segurança pública. Somente assim seremos capazes de enfrentar de forma concreta e efetiva os altos níveis de violência que assustam os brasileiros.

Acesse o Mapa da Violência na íntegra aqui.

4 comentários:

Elisandro Carvalho disse...

Para mim, este post é apenas a confirmação da obviedade das ruas: o Ronda do Quarteirão não passa de marketing a um custo exorbitante para o contribuinte. Em minha rua quase 100% das casas pagam vigilância motorizada particular!

Anônimo disse...

Nos últimos 3 meses fui assaltado duas vezes a mão armada. Na última, levaram-me o carro. Minha pesquisa pessoal diz que alguma coisa está diferente sim.

Muito embora tudo isso, é época de festa e esperança. Feliz Natal, Dr. Lúcio, a você e a seus familiares.

Kilmer Castro

Célio Ferreira Facó disse...

Desde sábado passado, restou PROVADO que este Governo de Cid Gomes NÃO É HÁBIL o suficiente para garantir nem a SEGURANÇA PESSOAL DO GOVERNADOR.

UM COCHILO DA CASA CIVIL expôs CID GOMES a uma multidão de grevistas inquieta, enfurecida, gritando palavrões e empurrando-lhe o carro em que estava, no centro da Cidade.

CID e DEPUTADOS da Assembleia Legislativa FUGIRAM às pressas, sob vaias e empurrões.

Papelão.

Anônimo disse...

E agora com a greve TODOS perguntavam :
Onde está o Governador?
Deu a impressão de que fugiu, se escondeu.