sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Limoeiro do Norte


Estou postando diretamente do município de Limoeiro do Norte, onde participei de uma entrevista na Rádio Educadora, juntamente com Paulo Duarte. Oportunidade em que debatemos, com participação de ouvintes, problemas do Ceará do Brasil.

Depois, um almoço gostoso no Berro D'água, em companhia de amigos, entre os quais os radialistas Rosálio Daniel e Luis Lopes, duas vozes de prestígio escutadas no Vale do Jaguaribe.

Sempre tive simpatia por Limoeiro, desde que aqui estive pela primeira vez, no começo da década de 70, como secretário estadual de saúde. Fiz amizades que resistem ao tempo, atravessam incólumes as vicissitudes da política.

A mística de Limoeiro é a educação, impulsionada pela figura nunca esquecida de D. Aureliano Matos, cujo trabalho plantou instituições que encaminharam para grandes destinos talentos e vocações por elas acolhidas.

Como governador do Ceará, aqui vim muitas vezes, realizando obras e atraíndo investimentos privados criadores de empregos, agentes econômicos que dinamizaram o agronegócio, sobretudo a fruticultura voltada para a exportação.

Para incentivar a vocação cultural da cidade, sediamos aqui, com irradiação para todo o Vale, o Festival Mestres do Mundo, grande encontro intercultural que logo ganhou fama e reconhecimento.

A primeira medida do atual governo foi remover o Festival, que a população já havia incorporado ao calendário, para a cidade do Crato, um polo cultural tradicional, que ja é sede de outros eventos na mesma área.

Nada demoveu o governo de decisão tão prejudicial à Região Jaguaribana.

2 comentários:

Vó Luisinha disse...

Corre, Lúcio, corre, Lúcio.

Paulo disse...

Prezado Dr.Lúcio, ao vê-lo nos estúdios da Educadora,em Limoeiro,bateu a saudade de uma cidade vizinha,Russas,onde dirigi,por sete anos,uma emissora local,lá tendo o prazer de entrevistá-lo,mesmo que via telefone.É sempre um prazer ouvi-lo e,agora,teclá-lo.
Abraços
Paulo Roberto(ex-Rádio Progresso de Russas)